sábado, 8 de maio de 2010

Contos de Fadas

Nunca gostei muito de contos de fadas.
Sempre que ouvia um ou outro me perguntava: por que a princesa tem que ser salva por um principe? Eu tinha a sensação que todo aquele blablabla era para iludir as garotinhas que, mais tarde, seriam mulheres frustradas pela não aparição de seus principes.Entretando, talvez essas histórias não tenham sido feitas para enganar; apenas para confortá-las, pelo menos em sonhos elas deveriam ter algo assim; perfeito.

As intenções podem ter sido boas, ou não, mas os resultados sempre foram negativos: garotas iludidas se achando princesas, mulheres que esperam a pessoa perfeita, outras correndo atrás de homens lindos, outras dos românticos, algumas dos dois.Enfim, todas procurando a pessoa ideal.Aquela que ouviram falar desde cedo que estava por aí, a sua espera.

Essas histórias aparentemente inocentes causam bastante danos ao longo dos anos, por isso preferi sempre não acreditar em nenhuma delas.

Por que eu deveria esperar alguém me salvar de um dragão ao invés de, com espada e escudo, enfrenta-lo eu mesma? Eu posso ser espera e não comer a maçã; posso controlar minha curiosidade e não mexer no tear; posso fazer meu vestido e construir meus próprios encantos que não se acabariam a meia noite; além de trabalhar para não depender da riqueza e palacio de nenhum principe.

A maioria dessas histórias passa para nós,mulheres, os valores errados à se apreciar. Riquezes, pessoas feitas exclusivamente de qualidades,pessoas que faziam de tudo para vender ou ganhar a princesa, beleza...Ao todos, caracteristicas supérfluas. Contrariando isso; acredito na beleza do trabalho e de quem constroi tudo com as proprias mãos; também na beleza além dos olhos, na educação, caráter e a perfeição obtida com o misto de qualidades e defeitos.

Independência e realidade.
É isso que deveriam ensinar as crianças nos livros; como ser livre e saber conquistar as coisas de forma digna. E, principalmente, a não esperar principes,ou até princesas.Ensinar que pessoas perfeitas não existem, mas que não é por isso que não as amamos.Que também não precisamos esperar alguém que faça nossas vidas mudarem; temos força o bastante para fazer isso sozinhos.

Iza Costa

4 comentários:

Lara Oliveira. disse...

ma-ra-vi-lho-so! *-*

KarinaCabral. disse...

Parabéns. Gostei muito!

Amanda Vieira, disse...

eu nunca acreditei muito em contos de fadas,
sempre achei mesmo uma história sem coerencia para crianças, quando crescemos vemos que não é nada daquilo.
Adorei a forma como se expressou.
Parabéns.

Anônimo disse...

"O problema dos contos de fada, é que elas levam as garotas ao desapontamento" ;) concordo com você Iza... parabens AMO seus textos =D

Postar um comentário