domingo, 25 de abril de 2010


E você garoto, você me irrita, me tira do sério, me faz sentir vontade de arrancar os cabelos e dar alguns pontapés por aí.O problema, é que eu gosto disso.Dessas briguinhas meio idiotas que são sucedidas por carinho, desculpas e uma pequena trégua para pegar ar.
Mas depois de tantas vezes seguidas isso começa a ficar chato entende? Digo, chato de verdade.A coisa toda passa de 'bonitinha' para 'totalmente odiável'.
Aí eu sinto saudade daquela época de paz, onde discussões não entravam nas conversas, nem contradições, reclamações e outros 'ões' do tipo.
Então sou obrigada a parar e rever essa pequena situação em que me meti: não preciso de mais problemas.Eu quero um pouco de paz para variar um pouco essa minha vida tumultuada e cheia de altos e baixos.Preciso do carinho constante, e do companherismo.De alguém que me acalme invés de me estressar a cada virgula escrita, a cada frase dita.
De tormento basta os professores, as pessoas chatas, meus pais me mandando fazer algo. Não, eu preciso é do repouso no colo de alguém que só queira me ver sorrir.

Ah garoto, se você não pode ser essa pessoa, estou dando um fora daqui. De inconstante já basta a mim, de aborrecimentos já bastam os da vida.

3 comentários:

@erikatostes disse...

Adoreeeeeeeeei *-*
Eu sei que é meio estranho de se pedir, mas poosso colocar esse texto no meu blog? assinaria com o seu nome, é claro, e com o link desse blog, posso? #pliis

Iza Costa disse...

Colocando créditos pode sim flor! :) De preferencia o blog para mais gente conhecer. *---* uiahuaiuia. e obrigada :D

@erikatostes disse...

Nada, obrigada você! =D

Postar um comentário